Se Joga: V

"We Are of Peace. Always"

É com esse mote que os alienígenas da série V desembarcaram na TV americana em novembro de 2009. Mas, como todo bom alienígena, eles estão entre nós a mais tempo do que parece.

Pôster

“V” foi primeiramente uma minissérie, de 2 episódios, que foi ao ar em 1983; no mesmo ano, como curtiram bastante a idéia, resolveram expandir e criaram “V: The Final Battle”, com mais 3 episódios; Mas só em 1984 é que viria a se tornar uma série oficialmente e receberia o nome (muito justo) de “V: The Series”, que durou apenas uma temporada (com 19 episódios), terminando em 1985.

Elenco da série de tv

No Brasil a série virou uma bagunça total, zapeando entre emissoras. Em 1984, a Rede Globo exibiu as duas primeiras minisséries originais sob o nome de “V – A batalha final”; já em 1985, o SBT exibiu a mesma, só que com outro nome: “Os Extraterrestres na Batalha Final”; e em 1986 exibir a série oficial com o nome de “Os Extraterrestres no Planeta Terra”. Confuso, não?

Anos 80

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=M77HfZu24bw&feature=related]

V

Logo que naves espaciais são avistadas no céu do nosso planeta, acontece o primeiro contato (transmitido pelas tvs do mundo), onde aliens humanóides pedem uma ajudinha química pra recuperar o seu planeta natal e em troca estão disposto a dividir sua cultura, tecnologia e ciência (a cura do câncer, por exemplo) com os habitantes do planeta terra. Tudo certo, abrem-se fabricas dos “visitantes” (como ficam conhecidos os aliens) e a recepção pelos humanos é tão boa que eles resolvem abrir Centros onde dividem sua cultura e doutrinam pessoas no “modo Visitante” de pensar. Mas como nem tudo são flores, com o tempo algumas pessoas vão descobrindo a verdade: os aliens bonzinhos são na realidade aliens-lagartos chegados num ratinho e com planos conspiratórios para roubar toda a água do planeta e exterminar todos os humanos.

Diana, líder dos Visitantes

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=KPtmZSlfrhs&feature=related] Revelando um Visitante

Os que sabem da verdade se unem e formam a Resistência, adotando o “V” como símbolo, em alusão direta a Vitória, para tentar derrotar a ameaça alienígena. Além disso, nem todos os Visitantes compartilhavam do plano de destruir os humanos e passaram a combater lado-a-lado com a resistência (e é graças a essa ajuda que os humanos conseguem bater de frente com os aliens – que possuem armas laser, coisa e tal).

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=DPLDT4JgmIY&feature=related] Promo da reprise do seriado (dublado)

Atualmente

Elenco da nova versão de V

O remake, lançado em 2009, difere bastante da série original em alguns pontos, mas a premissa básica continua: alienígenas, aparentemente pacíficos, de aparência humanóide, conquistam os seres humanos (com atrativos como a cura de diversas doenças, salvação para rios poluídos, desmatamento, reparo na camada de ozônio) em troca de “asilo político” no planeta. Contudo, uma agente da seção de antiterrorismo do FBI, Erica Evans (interpretada pela Elizabeth Mitchell – a Juliet de LOST), esbarra no esquema conspiratório dos queridos visitantes e descobre que nada é o que parece. Com o passar do tempo se juntam a ela um padre, um abduzido (que teve a família morta pelos Visitors), um mercenário e um alien desgarrado (é ele que trata de fazer a conexão entre a Resistência terrestre com o antigo grupo dissidente dos aliens, conhecido como “The Fifth Column”). A série vai, pouco a pouco, mostrando os avanços da Resistência contra os planos (ainda não completamente claro) dos aliens.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=tlbxH32WSIQ] 1ª Temporada - legendado

Entre os grandes atrativos desse remake estão a estonteante brasileira, radicada nos Estados Unidos, Morena Baccarin, que interpreta a líder dos Visitors, a enigmática, lógica e cruel, Anna. Com uma atuação hipnótica ela conquista grande parte dos humanos e mantém os próprios aliens na rédea curta. Sentimentos não são permitidos (visto como fraquezas da condição humana) e seus planos vão além da simples dominação mundial.

Morena Baccarin como Anna

Fatos clássicos da série oitentista estão no imaginário de muitos adultos hoje. Muitos ainda se lembram dos aliens-lagartos de cabeça gigante, dos “humanos” comendo ratos e do bebê híbrido alien-humano. Outro fato curioso é que a série clássica, contava no elenco principal com o Freddy Krueger — M.E.D.O. — o ator Robert Englund.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=TufUH1T-F18&feature=related] Bebê híbrido alien-humano (atenção especial 2:07 e 2:47)

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=3hL9wvG1UoE&feature=related] Ratinho, ratinho... (ECA!)

Abordando temas que se assemelhavam muito ao Nazismo e a Guerra Fria, a primeira versão foi muito popular; já a atual versão tenta traçar um comparativo inteligente com o terrorismo; ambos são fatos interessantes que demonstram o cuidado dos roteiristas em contextualizar historicamente a série. No mais usando e abusando de efeitos especiais, a série nova aprofunda-se em temáticas como fé, lógica, ética, terrorismo, amor, relações familiares, política e teorias conspiratórias.

Muito dos fãs da antiga série acreditam que, em nível de historia, o remake ainda não emplacou e que os 4 primeiros episódios foram muito lentos, cheios de insinuações e com pouca ação; e que a série só começou a andar depois do 5 episodio, pegando ritmo e inserindo um objetivo verdadeiro para os opositores dos aliens, além de mostrar toda a faceta louca fascista da tirana Anna (com atitudes que são o verdadeiro ponto alto da série).

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=HC1WiS0DnQM] 2ª Temporada - legendado

A 2ª temporada foi lançada na semana passada e promete inovações no roteiro e nos personagens (como a participação de atores da primeira versão). Agora é esperar pra ver.

Se você gosta de ficção científica, invasões alienígenas, alguns sustos e batalhas pelo planeta terra, V (de qualquer década) é uma boa pedida. Se Joga!

Ir para o topo