Review: Kung Fu Panda 2

Dizer que o Kung Fu Panda 2 é um filme engraçado pode parecer simplório, mas ele é REALMENTE engraçado. Até com dramas ele consegue manter, firme e forte um pé na comédia! Mesmo nas cenas mais fodásticas (aquelas onde você não sente vontade de rir, só de levantar os braços e comemorar junto).

Assisti dublado e em 3D (supimpa por sinal) com uma pontinha de raiva porque queria assistir legendado (convenhamos: as peripécias de Po soam muito mais naturais na voz de Jack Black do que na de Lúcio Mauro Filho). Pra quem tem problemas com legendas e 3D aviso logo: a dublagem não está das melhores. Algumas vozes simplesmente não combinam e o infeliz, porem necessário, fato de abrasileirar as piadas não convence. Muita piada boa se perde nessa transição.

Outro detalhe: se você, caro leitor, tem filho com menos de 5 anos, não vale a pena leva-lo pra assistir esse filme. Tudo bem que por ser desenho animado e  (aparentemente) infantil possa parecer interessante pro seu pimpolho. Não. Não é. Muitas coisas ele não vai entender e capaz até de dormir durante o filme sem entender as cenas de ação. Digo isso porque fiquei numa sala cheia de crianças muito pequenas e percebi que quando elas não entendem o filme a tendencia é choros e gritos durante a sessão.

A premissa dramática de Kung Fu Panda 2 vem de um detalhe crucial sobre a origem de Po e que, apesar de bastante óbvio, não foi questionado em nenhum momento durante o primeiro filme. E ai, leitor do deixa, sabe do que estou falando?

O vilão é apresentado no começo, num misto de conto bíblico-edípico, e dele podemos esperar os melhores momentos (e as melhores maldades). Depois tudo acontece de uma maneira bem simples: vemos Po levando sua vida de Guerreiro Dragão (mais zen do que muitos imaginariam), sua boa relação com o Furious Five e com o Mestre Shifu (que ainda tem uma lição primordial a passar: a busca pela paz interior). O filme não é ruim. Soube trabalhar bem comédia, ação e drama.

Vale salientar que o Furious Fiveestá mais em sincronia do que nunca. Podemos perceber que tentaram trabalhar e inserir mais os personagens secundários. Também né, tem que justificar os salários de Lucy LiuSeth RogenJackie ChanDavid Cross e até do Jean-Claude Van Damme, atores que engrossam o coro dos dubladores juntos com Jack BlackAngelina JolieDustin Hoffman e Gary Oldman.

Visualmente falando o filme é um espetáculo a parte. Soube lidar bem com estilos diferentes de animação dentro da própria animação. Atenção ao prólogo e ao flashback. Um show a parte. Como li por ai: É O FILME PRA SER VISTO EM 3D. Paisagens lindas, apuro estético, riqueza de detalhes e um show de cores. Uma verdadeira homenagem a antiga China.
Se você tiver disposto a assistir, te garanto  1h30min de risadas, combates (onde piscar é perder a piada) e momentos emocionantes, mesmo que você não tenha o costume de chorar no cinema (mal que sofro intensamente) vai sentir um aperto no coração em algumas cenas. Pois é, Po se tornou o guerreiro dragão mas não deixou de lado as gordices, trapalhadas e ainda é capaz de grandes sacadas. :D
 
 
Sinopse oficial: “Po está agora vivendo seu sonho como o Guerreiro Dragão, protegendo o Vale da Paz ao lado de seus amigos e colegas mestres kung fu, Os Cinco Furiosos – Tigresa, Garça, Louva-a-Deus, Víbora e Macaco. Mas a nova vida de Po repleta de maravilhas está ameaçada por um vilão formidável, que planeja usar um segredo, uma arma para conquistar a China e destruir o kung fu.

É dever de Po e dos Cinco Furiosos viajar através da China e enfrentar esta ameaça. Mas como Po conseguirá parar uma arma que pode parar o kung fu? Ele deve olhar para seu passado e descobrir os segredos de sua misteriosa origem; somente assim, ele será capaz de despertar a força que ele precisa para o sucesso.”

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=7GHT-TSiZio]

Pelas homenagens a Bruce Lee (não pisca se não perde), ganha 4 sabres de luz.

o filme é bacana! vale a pena :)

Ir para o topo