Micro-Review: Angry Birds (iPhone)

Olá pessoal, me chamo Orlando Fonseca Jr. e estou aqui estreiando no deixadenErDice, como "crítico" de jogos para iPhone. Vou começar falando de um dos maiores sucessos recentes da Appstore: "Angry Birds".

A história é bem simples, e o jogo se destaca mesmo é pela mecânica. Basicamente você faz parte de uma família de aves que teve seus ovos roubados por uma trupe de porcos. O objetivo então é matar os porquinhos com o seu exército de passarinhos raivosos. Para fazer isso, você deve lançar os passarinhos com um estilingue gigante (usando a função de tap do iPhone para puxar e mirar), e ativar a habilidade especial de cada ave durante o vôo, tentando acabar com a raça dos suínos.

São vários os tipos de pássaros, e cada um tem um atributo como lançar ovos explosivos, dividir-se em 3, aumentar a velocidade, etc. E também os porquinhos tem diferentes resistências.

Um dos grandes segredos do sucesso do jogo é o mesmo de hits como Pocket God e Doodle Jump: atualizações constantes. E essas atualizações trazem novos pacotes de level e também novos personagens, o último, um "tucano" que tem o poder "boomerang".

Outra qualidade do jogo são os achievements, que incluem terminar o nível com o menor número de pássaros possíveis, encontrar ovos escondidos, entre outros.

O jogo é do estúdio Rovio Mobile, de Helsinki, e é, até o momento, o principal produto deles. A arte do jogo é simples, mas muito bem resolvida. Já o som, é bastante repetitivo e meio enjoativo, mas não chega a comprometer a qualidade do jogo.

Cinematic do jogo

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=I2SaZQ882zg]

Enfim, recomendo muito para quem tem iPod, iPhone e iPad, e ele custa apenas $ 0,99. Um preço bem baixo considerando o número de atualizações do jogo. E mesmo com o som não sendo uma coisa tão legal, o jogo é bastante viciante e merece 5 apples de recomendação.

Link do jogo na Appstore: Angry Birds

Ir para o topo