Jogos Made in Brazil: Entrevista com a Mobjoy

Hoje na coluna Made in Brazil Games, vamos falar de uma equipe de colegas e amigos que começaram desenvolvendo um game para Iphone de maneira independente e com o sucesso do seu primeiro jogo, conseguiram emplacar o nascimento de uma empresa oficial dentro do mercado brasileiro e já estão prontos para lançar suas próximas empreitadas.

Os entrevistas de hoje, são alguns membros da Mobjoy, empresa de games localizada em Recife, Pernambuco. Antes de se tornarem uma empresa oficial, o pessoal já tinha lançado o game Undead Attack! Pinball para iPhone, que alcançou bastante sucesso (mais de 100.000 downloads) mundo afora e abaixo vocês podem conferir uma entrevista com eles, falando sobre curiosidades e fatos interessantes sobre a empresa e desenvolvimento de jogos.

Como foi o início da empresa antes de virar a Mobjoy? Que dificuldades vocês enfrentaram como desenvolvedores independentes?

No início éramos ainda um grupo informal de pessoas interessadas em produzir e lançar produtos no mercado internacional, através do interessantíssimo meio que é o iTunes Store. Da formação deste grupo inicial resultou o primeiro produto, o jogo Undead Attack! Pinball, lançado no ano passado para mais de 60 países, e atualmente registra mais de 120 mil usuários.

Os resultados financeiros, e principalmente, o reconhecimento pela qualidade do produto, tornou a possibilidade, de criarmos um estúdio dedicado ao desenvolvimento de jogos, cada vez mais concreta.

Como estratégia para o lançamento dos novos jogos, levando em conta diversos fatores como impostos e a construção de uma identidade corporativa perante as pessoas que compraram e comprarão os nossos jogos, optamos por formalizar o negócio, abrimos o Mobjoy Studio.

Um dos maiores problemas no desenvolvimento independente é sem dúvida a questão fiscal, por mais que você se esforce para que o seu jogo seja bom e venda bem, inevitavelmente você como pessoa física perderá uma fatia considerável do seu faturamento com impostos.

A visibilidade do seu produto também é comprometida se não houver uma preocupação com a identidade do grupo ou empresa, fica mais difícil conseguir contatos em canais especializados e é mais difícil manter um público fiel aos seus produtos.

Como vocês enxergaram a oportunidade de mercado com a produção do Undead Attack! Pinball? Era algo que vocês queriam produzir e se divertir com isso ou foi um jogo que vocês viram que era um momento certo para ser lançado na appstore?

Como em qualquer negócio, é importante pesquisar e avaliar os produtos existentes no mercado. No desenvolvimento de jogos não é muito diferente. O Undead Attack! Pinball foi um produto que surgiu entre diversas outras idéias e alternativas, foi aquela idéia que naquele momento nós vimos como mais interessante para aquele contexto de mercado.

Como em todas as nossas idéias para novos jogos, procuramos sempre adicionar elementos que cada um de nós ache divertido ou mais interessante, porém sempre respeitando aquilo que nós temos como objetivo para o produto. Se na época do Undead Attack! Nós tivéssemos percebido que o mais interessante seria produzir um jogo para meninas de 4 a 8 anos, acredito que o jogo teria sido completamente diferente, porém não menos divertido.

Agora que vocês se tornaram uma empresa oficial, no caso a Mobjoy, quais são os novos desafios? Para onde vocês querem rumar nesse mercado de desenvolvimento de jogos, pretendem lançar algo fora iPhone?

Nosso principal objetivo no momento é atingir um ritmo constante de lançamento de novos produtos, e através deles, aumentarmos a visibilidade da empresa diante dos consumidores de jogos para plataformas móveis.

No momento o nosso foco é a produção para dispositivos Apple e, a não ser que o contexto mude radicalmente, pretendemos continuar como nossa plataforma principal. Isto não exclui os demais mercados, nós estamos estudando a possibilidade de lançarmos jogos também para outras plataformas, através de distribuição digital.

Conte para gente como é normalmente o dia-a-dia da empresa, quantas pessoas estão trabalhando atualmente e quantas pessoas são necessárias para desenvolver um game para iPhone?

Contamos atualmente com uma equipe de produção compatível com a produção de um jogo para iPhone / iPad por vez , ou seja, cinco profissionais responsáveis por todos os aspectos envolvidos na produção dos jogos, como arte, design, programação e produção sonora. Equipes deste tamanho são o mais comum nas empresas que atuam neste mercado.

O dia-a-dia da empresa segue o ritmo dos projetos. Em alguns momentos estamos em fase de concepção e pré-produção de um jogo, que envolve principalmente esforço criativo e de planejamento do projeto, antes de dar início à produção de fato. É um período mais tranqüilo, e que envolve a maior parte da equipe em tarefas em comum, como geração de alternativas e seleção das melhores idéias. As melhores opções vão sendo transformadas em conceitos e vão sendo apresentados para toda a equipe, e após o seu amadurecimento damos início a produção.

Quando estamos em fase de produção cada profissional fica mais voltado para a sua área e tarefas específicas, porém sempre mantendo uma visão geral do projeto. O final do processo de produção se resume principalmente ao teste do jogo, neste momento novamente todos passam a ter a tarefa em comum de avaliar o resultado atual dos seus respectivos esforços.

Depois que o produto é dado por finalizado, há um momento inicial de preparação para promoção e venda, e a nossa principal atividade é estabelecer contato com canais especializados. Ao mesmo tempo em que são acompanhadas as vendas iniciais do produto, damos início ao ciclo de pré-produção do próximo jogo.

Que dicas vocês dão para as pessoas que querem se aventurar nesse mercado de games no Brasil?

O principal é a vontade de fazer, e formar um grupo no qual todos os envolvidos estejam de fato comprometidos com o projeto, o que normalmente não é fácil. Muitos projetos começam e não chegam ao fim, sejam em cursos, faculdades, projetos pessoais ou mesmo por hobby.

Um fator que me parece sempre recorrente e que interfere muito ao longo do processo é a complexidade dos projetos. É comum ver alunos ou profissionais ainda sem muita experiência iniciando projetos muito grandes, ou pior, produtos que teoricamente disputariam um mesmo público consumidor de jogos com custos de produção milionários.

Este é um ponto que parece ser bem claro, se um estúdio com vários anos de experiência gastou uma nota produzindo um jogo que envolveu a participação de centenas de profissionais extremamente qualificados durante alguns anos, como que eu e mais alguns amigos vamos conseguir atingir o mesmo público que este jogo? Isto não quer dizer que é impossível, mas nestas condições quem chega lá são apenas exceções, uma mínima parcela de centenas de milhares de pessoas que também estão tentando fazer a mesma coisa.

Acreditamos que o caminho deve ser mais simples, é mais interessante começar com produtos pequenos, um projeto cujo tamanho seja compatível com a equipe, de maneira a que cada detalhe neste produto seja feito com a melhor qualidade possível.

Como experiência pessoal, aconselhamos que desde o início o projeto deva ser formalizado tanto do ponto de vista do papel específico de cada pessoa envolvida como pelo lado legal. Se o projeto que a sua equipe está desenvolvendo, ainda casualmente, tem como objetivo ser comercializado, é válido estabelecer um compromisso formal, através da abertura de uma empresa com o objetivo, neste momento, de administrar a venda deste produto.

Caso o jogo tenha o sucesso esperado, já foi dado o passo na direção certa. Caso após o projeto as coisas dêem errado, ou as pessoas não tenham mais os mesmos objetivos, este procedimento, que atualmente não é muito caro ou demorado, garante de maneira legal a participação de cada envolvido na criação e produção do jogo.

Trailer do jogo: Undead Attack! Pinball

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=ZfcoEgPlVqU]

o deixadenErDice agradece o pessoal da Mobjoy pela entrevista e para acompanhar os projetos que a empresa está desenvolvendo, é só acessar o site deles abaixo:

www.mobjoystudio.com

Ir para o topo