Jogos de iPad para jogar nas férias - Parte 1

Bueno galera, depois de uma longa "folga" o semestre está chegando ao fim. Um pouco mais liberado da faculdade consegui tempo pra falar um pouco sobre uma plataforma que está se tornando cada vez mais popular: o iPad!

O tablet da Apple é útil para um infinidade de coisas, dentre elas, jogar. É sobre isso que vim falar. Quero deixar algumas dicas dos jogos que considero serem os 6 melhores de serem jogados no iPad. Tentei concentrar minha lista nos jogos exclusivos, mas com os esforços cada vez maiores por parte dos desenvolvedores em criar aplicativos compatíveis com todos os dispositivos da maçã, fica complicado encontrar jogos bons exclusivos para o gadget.

Mais uma vez lembro que os jogos, infelizmente, não estão disponíveis na App Store brasileira. Consigo acesso por que minha conta foi criada na Apple Store da Argentina.

Contre Jour HD

Contre Jour vem do francês e significa “contra a luz do dia”. O contre-jour é um efeito de fotografia obtido quando tiramos uma foto diretamente contra uma fonte de luz (do inglês backlight). A ideia do efeito é ocultar os detalhes da imagem, ampliando o contraste dos objetos e criando silhuetas. Esse efeito é visto em todo o jogo.

O gráfico é sensacional! A trilha sonora e efeitos de áudio extremamente envolventes. Cabe ressaltar que a música do jogo foi copiada descaradamente do parece ter sido inspirada no filme de Jean-Pierre Jeunet, “Le Fabuleux Destin D'Amélie Poulain” (O Fabuloso Destino de Amélie Poulain). A trilha do filme foi composta por Yann Tiersen e você notará claramente as semelhanças. O que posso afirmar com certeza é que o jogo foi inspirado no livro Le Petit Prince (O Pequeno Príncipe).

O personagem principal recebeu, inclusive, o nome Petit por causa do título do livro. É um game que simplesmente não cansa, não irrita, não frustra. Por mais difíceis que alguns níveis sejam você seguirá deslumbrado. Antes de perguntar por que ele está na lista, dê uma olhada no vídeo e nas screenshots. Realmente vale a pena (principalmente considerando que são 240 níveis)!

Se você não tem um iPad, não se preocupe, existe uma versão SD disponível para iPhone/iPod Touch.

Preço: $ 2.99 (existe uma versão lite para teste).

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=BAF3BrLssT0]

Jetpack Joyride

O Jetpack Joyride é um "endless run" (corrida infinita) extremamente divertido. Você é um vendedor (daqueles que vai de porta em porta), mas sua vida não vai bem até que você para à frente de um laboratório secreto onde está sendo desenvolvido um jetpack. Mas não é um jetpack qualquer, mas sim um que utiliza a propulsão de tiros para voar! Você vê que sua vida pode mudar com aquele "brinquedo"! Equipado com uma mochila-metralhadora você deve tentar ir o mais longe possível enquanto causa destruição, aniquila cientistas e coleta moedas.

No caminho você encontrará lasers, equipamentos de choque e mísseis que tentarão impedir a sua fuga. O humor é um dos elementos principais do game e é amplificado pelos efeitos sonoros bastante criativos (pra dizer o mínimo). A trilha sonora dá o ritmo certo pro jogo e encaixa perfeitamente com os demais elementos que o compõe. As artes foram muito bem executadas.

Com certeza um título que renderá horas de diversão enquanto você completa as missões e coleta dinheiro para comprar itens novos, que vão de roupas até novos jetpacks (incluindo o "Golden Piggy Pack" que lança dinheiro para se propulsionar), passando por itens que ajudam no gameplay (como o "Head Start", que coloca você mais a frente no cenário).

A versão que você compra pra jogar no iPad roda também no iPhone e no iPod Touch. Dois pelo preço de um! Eu prefiro jogar no iPad por que você consegue ver melhor o cenário: o dedão não fica na frente!

Preço: $ 0.99 (não tem versão para testes).

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Jzxi8nid9BQ]

Battleheart

O Battleheart é um misto entre RPG (Role Playing Game) e RTS (Real Time Strategy). A história do jogo não é complexa, na verdade nem existe uma história! Mas desde quando um jogo casual precisou de história pra ser divertido?

Você começa sua campanha com um clérigo e um guerreiro. O guerreiro é o típico herói de aventuras de RPG: de posse de uma armadura resistente, um bom escudo e uma espada capaz de causar muito dano aos inimigos é o principal membro do grupo. O clérigo não é capaz de atacar e seu único objetivo é curar seus companheiros de batalha. Além dos dois personagens iniciais você encontrará - e contratará - outros, divididos nas 10 classes atualmente disponíveis: guerreiro, monge, paladino, clérigo, bardo, bárbaro, ladrão, feiticeiro, bruxa e ranger.

Cada personagem ganha experiência com as batalhas, que possibilita que você desbloqueie dezenas de habilidades especiais. Durante as batalhas você também ganha dinheiro, que utiliza para equipar os seus guerreiros. Me lembra bastante as batalhas do Final Fantasy, com a diferença que, aqui, elas acontecem em tempo real e não em turnos. A Mika Mobile, produtora do game, esta se especializando em lançar sucessos: é a mesma empresa que desenvolveu o Zombieville.

Apesar de a versão ser compatível com iPhone e iPod Touch, no iPad você terá gráficos melhores e maior área para realizar suas estratégias de combate.

Preço: $ 2.99 (não tem versão para testes).

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=cuMa7gHXHfI]

Bom galera, o post já está ficando grande, então vou deixar os outros 3 títulos para os próximos dias (e vou pedir pro Ed adicionar o link aqui tão logo a segunda parte vá ao ar). Se quiserem tirar alguma dúvida sobre os jogos dos quais falei, comentem! Se tiverem dúvidas sobre qualquer outro jogo de iPad/iPhone/XBox 360/PS3/Wii/DS/PC/Mac/Atari ou sugestões para os próximos posts, comentem! Se estiverem com problemas amorosos... aí melhor pedir ajuda pro Ed =P.

Até a próxima!

Ir para o topo